Posição de dormir do bebé

Durante muito tempo recomendou-se que os lactentes, particularmente entre o nascimento e os 4 meses de idade, deveriam dormir de barriga para baixo, pensando que seria a melhor maneira de evitar a aspiração (entrada de alimentos na traqueia) em caso de vómito.

Sabe-se agora que deitado de costas é uma posição segura, principalmente porque está relacionada com o síndroma da morte súbita, responsável por mais mortes, nos Estados Unidos, do que qualquer outra causa, durante o 1º ano de vida.

Por isso a AAP (Academia Americana de Pediatria) recomenda que os lactentes saudáveis sejam deitados de costas para dormir.

A explicação correcta da morte súbita não se sabe, mas pode estar relacionada, no lactente deitado sobre o seu estômago, com uma menor oxigenação ou uma menor eliminação de dióxido de carbono, pois o bebé nesta posição, vai respirar o mesmo ar contido numa pequena bolsa da cama, formada à volta do nariz.

Embora a posição de dormir não seja a única justificação para o sindroma da morte súbita, parece no entanto estar fortemente relacionada com ele, o que justifica a recomendação. Há, no entanto, algumas excepções.

A recomendação de deitar o bebé de costas aplica-se a todos os lactentes saudáveis, durante o 1º ano de vida, sendo particularmente importante nos primeiros 6 meses, quando a incidência do sindroma da morte súbita é maior. Também se pode deitar o bebé de lado, alternando um lado com o outro.

Desde 1992, altura em que AAP começou a recomendar esta posição para dormir, a incidência anual do sindroma da morte súbita, diminuiu mais de 50 %.

É também muito importante evitar colocar almofadas, cobertores, mantas ou mesmo brinquedos de tecidos moles, pois podem bloquear a entrada de ar, se se encostarem à face do bebé.

Deve-se evitar colocar o bebé em colchões de borracha ou muito moles, ou sofás.

Uma cama segura para um lactente deverá ter um colchão firme, coberto por um lençol.

Brinquedos moles ou peludos devem estar fora da alcofa do bebé.

A temperatura do quarto deve ser confortável, não colocando o bebé perto da saída de ar quente ou janelas abertas.

Usar uma só peça de roupa para cobrir o bebé, que deve ser dobrada por baixo do colchão e não ultrapassar o peito, para evitar o risco de cobrir a face.

Fonte: Fichas Bebé Confort.

Com a colaboração de Laurentina Cavadas (Médica Pediatra)

O sono do bebé

No início o recém-nascido não faz a diferença entre o dia e a noite. O seu estômago vai mantê-lo relativamente satisfeito por períodos de 3 a 4 horas, independentemente da hora do dia e, assim, irá acordar como um relógio, para se alimentar, nas primeiras semanas.

No entanto, mesmo nesta idade, pode-se começar a ensinar que a noite é para dormir e o dia é para brincar. Para isso, não se deve acender a luz nem demorar na muda da fralda, durante a noite. Se no final da tarde dormir mais de 3 horas, deve-se acordar e conversar ou brincar com o bebé, para que possa reservar algum sono extra para a noite.

Fonte: Fichas Bebé Confort.

Com a colaboração de Laurentina Cavadas (Médica Pediatra)