Estádios de consciência do bebé

À medida que se vai conhecendo o bebé, rapidamente nos apercebemos que há momentos em que está muito alerta e activo, momentos em que está acordado, mas bastante passivo e outras vezes cansado e irritável. Estes chamados estádios de consciência vão alterar-se rapidamente durante o 1º mês de vida.

Há 6 estádios de consciência – 2 de sono e 4 de vigília – que se alternam várias vezes por dia.

Estádio 1 – sono profundo – o bebé está muito quieto, sem se mover e praticamente não responde. Um barulho repetido no ouvido, apenas o fará mexer-se um pouco.

Estádio 2 – sono mais activo – o mesmo barulho no ouvido irá provocar-lhe um sobressalto e fá-lo-á acordar. Durante este sono ligeiro, poderá ver-se movimentos rápidos dos olhos mantendo as pálpebras fechadas. Estes 2 estádios de sono alternam-se ciclicamente. Por vezes o bebé refugia-se neste estádio quando está muito estimulado ou cansado.

Estádio 3 – acontece quando o bebé acorda ou começa a adormecer. Os olhos rodam para trás enquanto as pálpebras se fecham. Pode esticar-se, bocejar ou sacudir braços e pernas.

Uma vez acordado irá para um dos 3 restantes estádios: fica acordado, feliz mas relativamente imóvel – estádio 4; fica alerta e muito activo – estádio 5; ou fica a chorar – estádio 6.

Se, nos estados 4 e 5 – quando está acordado e feliz, fizerem um barulho junto ao ouvido, ele fica quieto e vai rodar a face para a fonte do som. Esta é a altura em que o bebé está mais reactivo e atento ao que se passa à sua volta.

Fonte: Fichas Bebé Confort.

Com a colaboração de Laurentina Cavadas (Médica Pediatra)

Padrões de sono do bebé

À medida que a criança cresce, o seu estômago aumenta de tamanho, passando a ser maiores os intervalos das refeições. Por volta dos 3 meses, cerca de 90 % dos bebés poderão dormir 6 a 8 horas, sem acordar, durante a noite. Normalmente isto acontece quando se atinge 5,5 kg – 6 kg. Assim, se o bebé for grande, poderá começar a dormir <toda a noite, mesmo antes dos 3 meses.

Um recém-nascido poderá adormecer mais facilmente se for embalado suavemente; alguns lactentes necessitam que se caminhe, embale, fale suavemente ou coloque a chupeta; outros ficarão mais relaxados com uma música suave.

Mesmo antes de nascer, os dias do bebé são divididos em períodos de sono e de vigília. Desde os 8 meses de gestação ou até mais cedo, o sono é constituído por 2 fases distintas:

Sono com movimentos rápidos dos olhos (rapid eye movement – REM) – sono REM – durante o qual se tem um sono activo. Durante estes períodos os olhos movem-se, mantendo as pálpebras fechadas, quase como se estivesse a observar o desenrolar do sonho. Parece assustar-se, contorcer a face fazendo movimentos bruscos com as mãos e pés. Todos estes sinais são normais do sono REM.

Sono Não REM

Este sono consiste em 4 fases: sonolência, sono ligeiro, sono profundo e sono muito profundo. Durante a progressão de sonolência ao sono mais profundo, o bebé torna-se progressivamente menos activo, a frequência respiratória baixa, torna-se muito tranquilo, até que no sono mais profundo, virtualmente fica sem emoções. Muito poucos sonhos, se alguns, ocorrem durante o sono Não REM.

Inicialmente o recém-nascido poderá dormir cerca de 16 horas por dia, divididas em 3 ou 4 horas de sonos leves, igualmente espaçadas entre as refeições. Cada um destes períodos de sono inclui iguais conjuntos de sonos REM e Não REM, organizados pela seguinte ordem: sonolência, sono REM, sono ligeiro, sono profundo e sono muito profundo.

Aos 2-3 meses esta ordem muda à medida que vai crescendo, alternando fases Não REM antes de entrar em sono REM. Este padrão irá manter-se e continuará pela idade adulta.

À medida que cresce, a quantidade de sono REM vai diminuindo e o sono torna-se de uma maneira geral, mais calmo.

Aos 3 anos, as crianças passam um terço ou menos do tempo total de sono, em sono REM.

Fonte: Fichas Bebé Confort.

Com a colaboração de Laurentina Cavadas (Médica Pediatra)