Suplemento Segurança Rodoviária do Jornal do Centro

Numa iniciativa louvável o Jornal do Centro publicou uma série de artigos sobre segurança rodoviária na sua edição de 20 de Dezembro.
Apesar de noticiar que 2007 foi um ano com menos acidentes no distrito de Viseu, o jornal não deixa de referir a importância e a obrigatoriedade do uso das “cadeirinhas” e o modo como esta regra continua infelizmente a ser desrespeitada.

clipped from www.jornaldocentro.pt
Actualmente, existem no mercado diversos mecanismos de retenção para crianças. Os cidadãos apenas necessitam de dominar o uso correcto dos mesmos. O que nem sempre acontece. Segundo o Capitão António Gomes da GNR/BT de Viseu, “a nível distrital têm ocorrido alguns acidentes que envolvem crianças e verificamos que as cadeirinhas nem sempre estão bem colocadas”.
Para assegurar a segurança dos recém-nascidos que saem do Hospital de Viseu, o Grupo de Alerta para a Segurança (GAS), tem vindo a desenvolver o projecto, pioneiro, denominado “Alta Segura”. A iniciativa procura sensibilizar os pais para o uso adequado das “cadeirinhas” de transporte.
De referir que uma colisão, a 50 km/h, para uma criança que não esteja devidamente protegida, equivale a uma queda de um terceiro andar. Por isso, os sistemas de retenção devem ser homologados e adaptados ao peso de cada criança. Com o novo Código da Estrada, as crianças até aos 12 anos ou até um 1,50m de altura têm de usar “cadeirinhas”.

  blog it

Um comentário em “Suplemento Segurança Rodoviária do Jornal do Centro”

  1. não é só na “capital” da região centro nem na capital propriamente dita que se fazem coisas boas.
    o Grupo de Alerta para a Segurança (GAS) tem feito um excelente trabalho e só é pena que não tenham mais apoio e que o trabalho deles não seja mais divulgado. a APSI pode ser mais conhecida, mas aqui em Viseu o trabalho do GAS é muito mais meritório.
    Anabela
    (Viseu)

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *