ADFP de Miranda do Corvo atribui subsídio de natalidade às trabalhadoras que decidam ter filhos

«Promover a natalidade e combater a discriminação que rodeia as mulheres grávidas é a intenção da ADFP, que decidiu atribuir um prémio de 500 euros às trabalhadoras que decidam ter filhos. […]

[…] Jaime Ramos [Presidente da Associação para o Desenvolvimento e Formação Profissional (ADFP) de Miarnda do Corvo] acentuou que a instituição pretende dar um “exemplo de discriminação positiva”, incentivando as mulheres a não terem receio de ficar grávidas.»

Fonte: As Beiras 

2 comentários em “ADFP de Miranda do Corvo atribui subsídio de natalidade às trabalhadoras que decidam ter filhos”

  1. Gostaria de sber como e que a minha mulher pode ganher esse premio visto que ela e trabalhadora e esta gr’avida???

  2. A ADFP decidiu criar um prémio de 500 € a atribuir às suas trabalhadoras mães aquando do nascimento de um filho. O prémio é só para as trabalhadoras da própria associação.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *