Extrair o leite correctamente

Expressar o leite materno é uma competência instruída por isso é necessário bastante tempo e paciência para dominar essa habilidade. Não se sinta decepcionada se extrair pouco leite pela primeira vez. Considere as suas primeiras extracções como sessões da prática.

– Antes de usar um extractor pela primeira vez, leia e siga as instruções de utilização.

– Lave as mãos antes de começar a extrair o leite.

– Encontre um lugar confortável para extrair o leite.

– O mamilo deve estar centrado no funil (peça do extractor que encosta ao peito).

– Humedeça o funil do extractor para permitir um vácuo maior.

– Comece por extrair no nível de vácuo mais reduzido e vá aumentando à medida que se sinta mais confortável. Para uma extracção bem sucedida do leite, massaje o peito antes e ocasionalmente durante a extracção para incentivar a ejecção e fluxo do leite.

– A extracção dupla (nos dois seios em simultâneo) diminui o tempo de extracção, e aumenta o nível do prolactina.

– A extracção do leite nunca deve ser dolorosa. Se sentir alguma dor interrompa imediatamente a extracção com o extractor e peça ajuda a um profissional de saúde. Não arrisque danificar o tecido sensível do peito pelo uso incorrecto de um extractor de leite.

Um extractor é uma máquina e não estimulará os mesmos sentimentos. Seja paciente e delicada consigo.

Fonte: Medela, Bacelar

Bébé Confort Coimbra participa no evento Volta da Carta Europeia da Segurança Rodoviária 2008

Decorreu a 20 de Junho, em Lisboa, no Auditório da Representação da Comissão Europeia, uma sessão de apresentação da Carta Europeia da Segurança Rodoviária (CESR) e assinatura de compromissos por parte de novas entidades aderentes. O evento foi presidido pelo Ministro da Administração Interna, Rui Pereira e contou com a presença da Bébé Confort Coimbra.

Lançada pela Comissão Europeia há quatro anos, a Carta faz parte do Programa de Acção para a Segurança Rodoviária e tem como ojectivo reduzir para metade o número de mortos nas estradas europeias até 2010. O lema da Carta – “25 mil vidas a salvar” – traduz a ambição deste projecto.

Este evento serviu essencialmente para divulgar a assinatura da Carta por parte de mais 25 entidades portuguesas, entre as quais os Governos Civis de Aveiro, Castelo Branco, Viseu e outros 9 distritos, elevando assim o número de signatários portugueses para 49.

A Bébé Confort Coimbra assinou a Carta em Abril de 2007 a convite da sua coordenadora, Maria Teresa Sanz-Villegas, que esteve presente em Lisboa para apresentar a iniciativa como representante da Comissão Europeia. Esta foi uma boa oportunidade para trocar impressões com a coordenadora da CESR. Foi-lhe exposto o conjunto de actividades já desenvolvidas pela Bébé Confort Coimbra no âmbito do seu compromisso com a CESR e foram discutidas novas acções a empreender no futuro.

Para a coordenadora da Carta a dimensão da Bébé Confort Coimbra (minúscula quando comparada com a dos Governos Civis ou de outras empresas signatárias como a Brisa ou os CTT) não deverá constituir um obstáculo para continuar a apresentar iniciativas originais e inovadoras. Para Maria Teresa Sanz-Villegas, é exactamente a participação de um conjunto heterogéneo de empresas, organismos públicos e entidades da sociedade civil de todos os géneros que constitui uma oportunidade única para agir de forma directa e decisiva para reduzir o número de vítimas de acidentes rodoviários.

Até Junho de 2008, já mais de 1.000 entidades na Europa tinham aderido à Carta.