Demografia: Quase 10% das crianças nascidas em Portugal em 2007 são filhas de estrangeiros

«Os portugueses têm cada vez menos filhos e o peso dos bebés com mães imigrantes é cada vez maior. A tendência não é nova, tem sido observada ao longo dos anos, mas um estudo recente de Instituto Nacional de Estatística revela algo inédito: se, até 2006, as mulheres de nacionalidade africana eram as que mais contribuíam para a natalidade no país, em 2007 “as mães de nacionalidade brasileira” passaram a ser as mais representativas. 

Segundo um artigo publicado na última edição da Revista de Estudos Demográficos, 3,3 por cento dos bebés (3355) que nasceram com vida em 2007 são filhos de mãe brasileira. Já as “mães nacionais dos países africanos de língua portuguesa*’ foram responsáveis por apenas 2534 nascimentos, 2,47 por cento do total. Feitas as contas, as mulheres estrangeiras deram à luz 9887 crianças (mais 3988 do que seis anos antes), o que representa 9,7 por cento das 102.492 crianças nascidas em Portugal. […]»

Fonte: ACIME, 20-01-2009

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *