Algarve tem uma das maiores taxas de natalidade graças a mães estrangeiras

«A imigração é uma das principais causas para a taxa de natalidade no Algarve ter sido uma das maiores do país em 2008, informou hoje a Administração Regional de Saúde (ARS) em comunicado de imprensa. “Nasceram [em 2008] na região do Algarve 4.804 crianças, das quais 1.139 são filhas de mãe estrangeira, valores que superam os atingidos em 2007 e colocam o Algarve como uma das regiões portuguesas com maior natalidade”, lê-se no documento enviado à comunicação social.A imigração é assim considerada uma “contribuição para o rejuvenescimento da população da região”, que vem apoiar “o desenvolvimento socioeconómico do Algarve”, refere a ARS.As mães estrangeiras que mais bebés tiveram nos hospitais do Algarve no ano transacto são as brasileiras (365 bebés), logo seguidas das mães ucranianas (150), e as romenas (130).A República da Moldova  foi representada com 100 nascimentos e existem 67 bebés filhos de nacionais do Reino Unido.Angola, Guiné Bissau, Cabo Verde, França e Bulgária são outros dos países de origem das mães estrangeiras que optam em ter bebés no Algarve.»Fonte: ACIDI 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *