Ozie Boo no Canal Panda

Ozie_Boo                 

   “O canal Panda vai reforçar a sua grelha de programação em Fevereiro, estreando as séries «Mãe Mirabelle» e «País dos Ozie Boo», nos dias 1 e 2, respectivamente.«País dos Ozie Boo» vai convidar os mais pequenos a acompanhar as histórias dos pinguins Ed, Ted, Ned, Fred e Nelly. Serão promovidos na série valores como a coragem, a solidariedade, o respeito e a confiança, celebrando a diferença.A estreia está agendada para dia 2 de Fevereiro. A série será emitida de segunda a sexta-feira, às 10:00 e às 19:30.”*A série francesa Ozie Boo, teve um êxito considerável em França e irá ser transmitida em mais de 100 países, incluindo Portugal.A Bébé Confort lançou uma nova linha de produtos baseada na série Ozie Boo.Fontes: Tv 7 Dias, n.º 1141*Diário Digital, 29-01-2009Global License, 03-07-2008

Bebé nasceu na ambulância à entrada de Coimbra

«O parto desencadeou-se de forma muito rápida, apesar de estar previsto para daqui a uns dias, uma vez que as 37 semanas apenas seriam completadas dentro de cinco dias. Todavia, o quarto filho de Carla, residente na Cova-Gala, freguesia de S. Pedro, teve pressa em nascer e resolveu fazê-lo durante a madrugada de ontem.
Segundo fonte dos Bombeiros Voluntários da Figueira da Foz, o alerta foi dado à 1h50 e imediatamente seguiu para a residência da família uma ambulância, mas o rápido diagnóstico ditou logo que o «parto estava muito avançado», razão pela qual foi de imediato pedido o apoio de uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação do Hospital da Figueira da Foz.
Com a parturiente a bordo, acompanhada por uma médica e por Isabel Silva, dos Voluntários da Figueira, deu-se início à viagem rumo à Maternidade Bissaya Barreto, em Coimbra. «Faltavam praticamente cinco minutos» para chegar ao destino quando o bebé resolveu vir ao mundo. Seriam 2h55 e o nascimento verificou-se, sem problemas, ao quilómetro 194 do IC-2, imediatamente antes da via de acesso à Pedrulha, mesmo às portas de Coimbra. O parto decorreu de forma normal e pouco depois mãe e filho deram entrada nos serviços da Maternidade Bissaya Barreto.
Isabel Silva, que há três anos está ligada aos Voluntários da Figueira da Foz, teve a sua primeira experiência de um parto a bordo de uma ambulância. «Feliz pela mãe», limita-se a dizer que fez o seu trabalho. «Estamos cá para ajudar», disse ao Diário de Coimbra.»

Fonte: Diário de Coimbra, 31-01-2009