A gama Welcom de porta-bebés ventrais

  porta_bebes_bebeconfort

porta_bebe_welcom_excel_bbc  WELCOM’EXCEL – Para um conforto inigualável (a partir de 3,5 kg até aos 12 kg)

porta_bebe_welcom_extens_bbc  WELCOM’EXTENS – Para um conforto adaptado a cada idade (a partir de 3,5 kg até aos 9 kg)

porta_bebe_welcom_relax  WELCOM’RELAX – Para simplicidade no quotidiano (a partir de 3,5 kg até aos 9 kg)

 

gama_welcom_porta_bebe

Cores para um dia cinzento, com iodetos, uma girafa e outros seres

montra_noppies_hello_kittyHoje está um dia cinzento (pelo menos aqui em Coimbra), mas dentro da loja temos um oásis de cor, ou melhor, de cores.

No reflexo da montra da loja pode-se adivinhar um céu púmbleo e repleto de nuvens. Estes grandes flocos de algodão tapam o sol e obrigam-nos a acender lâmpadas de iodetos metálicos que emitem uma luz um pouco artificial.

O tempo obscuro e friorento afasta as pessoas da rua lá fora mas, cá dentro, quem entra encontra um espaço repleto de cor. Os bebés, em particular, deliciam-se com as cores variegadas e os contrastes.

Só para terem um vislumbre deste mundo de cor, damo-vos hoje a conhecer uma girafa inquisitiva iluminada por um alaranjado aveludado e umas bolsas e malas habitadas por uns seres multicolores e divertidos.

girafa_curiosa_tuc_tuc     tuc_tuc_malas

Roupa de grávida, lingerie e bikinis de grávida

experimentar_roupa_gravida_buzz Há muitas questões que surgem aquando de uma gravidez. Uma delas é: que roupa vestir, agora que estou grávida?

A roupa de grávida difere do restante vestuário por se ir adaptando à morfologia da grávida ao longo dos meses de gestação. Uma roupa de qualidade e confortável é uma ajuda adicional para que a grávida se sinta bem consigo mesma.

Na Bébé Confort Coimbra dispomos de uma selecção de roupa de grávida, lingerie (soutiens de amamentação, faixas, cintas…) e bikinis, para que possa escolher a peça certa para o seu corpo e o seu gosto pessoal.

montra_roupa_gravida      bikini_noppies_gravida

Descubra os porta bebé da Bébé Confort

O porta bebé Welcom’Excel da Bébé Confort alivia até 50% a pressão exercida nos seus ombros.

O DSS – Dorsal Support System (patenteado pela Bébé Confort), desenvolvido em estreita colaboração com um laboratório do CNRS, assegura a transferência do peso da criança para as zonas que sustentam o porta-bebé (as ancas nomeadamente), para aliviar os ombros.

As suas alças de malha 3D arejada são acolchoadas para um conforto total.

O sistema WellFix garante uma instalação simples, segura e rápida. Com um simples clique, instala o seu bebé muito facilmente graças ao sistema WellFix. O bebé está rodeado de bem-estar. O seu assento anatómico é acolchoado, muito macio e antitranspirante.

Almofada inclinada

almofada_inclinada

Esta almofada coloca-se por baixo do lençol e possui as dimensões em largura das camas de grades mais comuns (60 cm de largura) e das camas de viagem para evitar que o bebé se trilhe.

O recorte transversal em V evita que o bebé se vire de barriga para baixo durante o sono e mantém-no na posição dorsal recomendada pelos pediatras.

A inclinação suave eleva mais o bebé para facilitar a digestão e prevenir as regurgitações.

Para crianças dos 0 aos 24 meses.

Alguns resguardos e edredãos

cama_edredao_riscasedredão* | s. m.resguardo_edredao_tuctuc_azul_verde

edredão

s. m.

Cobertura acolchoada para cama.

resguardo* | s. m.

1ª pess. sing. pres. ind. de resguardar

resguardo

s. m.

1. Acto ou efeito de resguardar ou de resguardar-se.

2. Abrigo (contra a intempérie).

3. Parapeito, grade, muro e, em geral, tudo o que serve para impedir acidentes.

4. Nicho ou cavidade praticada num túnel para os peões se abrigarem ao passar dos comboios.

5. Fig. Prudência; precaução; cuidado, sigilo, segredo.

6. Dieta, regime.

7. Decoro, pudor.

8. Respeito, acatamento.

9. Encad. Conjunto das guardas do livro encadernado.

 resguardo_edredao_matematica_alfa_tat resguardo_tuctuc_azul_verde resguardo_edredao_matematica_tat 

cama_branca_edredao_rosa mobile_tuc_circulos_coloridos elefantinhos_tat_edredon_resguardo

*”resguardo”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2009, http://www.priberam.pt/dlpo/dlpo.aspx?pal=resguardo [consultado em 2009-04-25].

“edredão”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2009, http://www.priberam.pt/dlpo/dlpo.aspx?pal=edredão [consultado em 2009-04-25]

Portugal contabiliza cerca de mil bebés prematuros, abaixo dos 1500 gramas, por ano

«Portugal contabilizou 1025 bebés prematuros abaixo dos 1500 gramas e das 32 semanas de gestação, no ano de 2008.

[…]Nos últimos 30 anos, a realidade da prematuridade tem subido no nosso país. Se há 30 anos, 5% dos pequeninos que nasciam estavam abaixo das 32 semanas (mas já depois do limiar da viabilidade), hoje são já 7%. A causa mais frequente, dizem os especialistas, são as infecções assintomáticas. “É, de facto, a causa mais apurada. São as infecções bacterianas ou víricas. Uma placenta inflamatória ou uma infecção urinária, por exemplo, podem espoletar as contracções de parto”, explicou Hercília Guimarães, directora do Departamento de Neonatologia do Hospital de S. João, no Porto. Por outro lado, pormenorizou a especialista, a prematuridade “é multifactorial”. “Se a mãe sofrer de uma doença crónica como uma cardiopatia, a probabilidade de vir a ter um bebé prematuro é maior”, disse.

Mas uma coisa é a causa mais verificada, outra coisa são os factores de risco, sobre os quais nem sempre se pode provar matematicamente que estiveram na origem de um parto prematuro. “Sabemos que o stress e que uma vida muito apressada e cheia de preocupações pode ser um risco, mas não podemos provar matematicamente que foi o stress que esteve na origem de um parto prematuro. Não se pode estabelecer essa relação assim. Mas claro que é um risco. O mesmo se pode dizer em relação à poluição”, defendeu.

[…]

Mas, na verdade, não há muito que a futura mãe possa controlar ou fazer, além de ter os cuidados que sempre se aconselham. “Não depende muito da mãe. Esta tem que ter uma vida com uma nutrição adequada, sem hábitos nocivos como o tabaco ou o álcool e alguma calma”, avançou Hercília Guimarães. Por outro lado, “é conveniente que a gravidez seja desejada e vigiada clinicamente”, avisou.

Um risco mas também uma causa da prematuridade é a Procriação Medicamente Assistida. “Durante um tempo implantavam-se vários embriões, para que a probabilidade de uma gravidez vingar fosse maior. O que sucedia era que, mesmo vingando durante a gravidez, os bebés nasciam prematuros e morriam depois porque eram mesmo muito prematuros”, relatou aquela especialista.

[…]  As probabilidades de se salvarem estes pequeninos aumentaram bastante, mas para os pais que têm o seu bebé dentro de uma incubadora, ligado a máquinas e com tubos por tudo quanto é lado, a realidade fica assustadora. “Nunca ninguém está preparado para ter um bebé prematuro”, confirmou a médica Paula Fernandes.

[…] Regra geral, face à notícia, o casal fica mais unido. “Ficam mais unidos e percebo que, hoje em dia, tanto as mães como os pais são muito presentes. Há muitos anos, as mães vinham, os pais nem por isso. Hoje, isso mudou”, congratulou-se.

E a presença de ambos os pais perto da incubadora “é fundamental”, concluiu.»

Fonte: “Muito pequeninos mas sobreviventes”, Leonor Paiva Watson, Jornal de Notícias, 19-04-2009.

Maxi-Cosi e Quinny – A Conjugação Perfeita

Todos os carrinhos Quinny podem ser conjugados com uma cadeirinha Maxi-Cosi CabrioFix. Os designers da Maxi-Cosi e da Quinny trabalham em conjunto para encontrarem um estilo comum nos seus carrinhos e caderinhas, para criarem a melhor combinação possível.