Concurso Mais vale perder um minuto da vida, do que a vida num minuto

concurso_prevencao_rodoviaria

A fundação da Juventude está a promover o Concurso Nacional “ Mais vale perder um minuto da vida, do que a vida num minuto!”

Esta acção, inserida nos objectivos da Carta Europeia da Segurança Rodoviária, e que conta com os patrocínios da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária e do Ministério da Administração Interna, tem como objectivo principal sensibilizar os estudantes de ensino superior para a problemática da Educação e Sinistralidade Rodoviária Portuguesa.

Podem participar neste Concurso Nacional os estudantes a frequentar qualquer curso do ensino superior (Licenciatura, Mestrado e Mestrado Integrado), com idades compreendidas entre os 18 e os 30 anos.

Os trabalhos temáticos devem perspectivar novas abordagens e participar activamente na identificação de saídas possíveis, tendentes a diminuir o número de acidentes rodoviários.

Serão atribuídos três prémios com valores que oscilam entre os € 1.000 e os € 500, bem como um Prémio Inovação no valor de € 2.000 para a proposta com a abordagem e intervenção mais inovadora. O professor coordenador deste último prémio será também reconhecido através de um incentivo de € 250.

A entrega de trabalhos decorre até ao dia 28 de março de 2013, por correio (Rua das Flores, 69, 4050-265 Porto) ou por e-mail: schaves@fjuventude.pt.

Estamos ao dispor, na medida do possível, dos participantes que necessitarem de alguma informação na área da segurança rodoviária para crianças.

Flyer Promocional [download]
Cartaz [download]
Regulamento [download]

Bébé Confort e Maxi-Cosi parceiros do projecto Bebés, Crianças e Jovens em Segurança

O projecto “Bebés, Crianças e Jovens em Segurança”, um conjunto de acções de formação dirigidas a profissionais de saúde, é uma iniciativa levada a cabo pela Direcção-geral de Saúde (DGS), Associação para a Promoção da Segurança Infantil (APSI), Mapfre e DOREL (Bébé Confort e Maxi-Cosi).

“A operacionalização de um projecto desta dimensão implica trabalhar em simultâneo várias áreas, nomeadamente: formação dos profissionais de saúde, produção e/ou divulgação de informação sobre segurança rodoviária infantil, normalização de procedimentos de actuação, instalação de simuladores de banco de automóvel nas Maternidades e ACES e, cedência de SRC (sistemas de retenção para crianças)”, acrescenta a Dr.ª Gregória Von Amann, Chefe do Serviço de Saúde Pública da Divisão de Saúde no Ciclo de Vida da DGS, uma das participantes na Acção de Formação “Bebés, Crianças e Jovens em Segurança”.

Profissionais de saúde recebem formação sobre transporte de crianças (vídeo RTP)

Segundo a DGS, “o Projeto Bebés, Crianças e Jovens em Segurança, alavancado pela Década de Ação pela Segurança no Trânsito, 2011-2020 e integrado no Programa Nacional de Prevenção de Acidentes teve a sua primeira ação no dia 21 de Novembro. Estamos a começar com a formação dos profissionais de saúde dos Agrupamentos de Centros de Saúde e dos Centros Hospitalares com Maternidade de todo o país. O objetivo é capacita-los para a promoção da segurança e a prevenção dos acidentes na infância tendo em conta o potencial de intervenção do Serviço Nacional de Saúde junto da população. 

As parcerias são decisivas para a implementação do Projeto. Por isso, estamos a trabalhar com a Fundação MAPFRE que assumiu o financiamento da formação dos profissionais de saúde de todas as ARS, a produção de vários Folhetos e outro material pedagógico de apoio; com a DOREL Portugal [Bébé Confort e Maxi-Cosi] que vai instalar nos Centros Hospitalares com Maternidade e nos Agrupamentos de Centros de Saúde simuladores de banco de automóvel e cadeirinhas para ensinos aos pais e, com a APSI, que está a transmitir a sua experiencia e conhecimento nesta área.”