Qual é a temperatura ideal para o banho do meu bebé?

bebe mae banheiratermometro banho Antes de colocar o seu bebé no banho, é importante que verifique a temperatura da água para evitar qualquer risco de queimaduras:
• Mexa a água para garantir uma uniformização da temperatura por toda a área.
• Utilize um termómetro de banho para verificar se a temperatura da água é de 35°C – a temperatura da água deve estar ligeiramente abaixo da temperatura corporal.

Precauções a tomar aquando do banho do bebé

Nunca se esqueça de que o risco de afogamento é grande quando o bebé está no seu banho, pois 10 cm de água são suficientes para que se afogue! Assim sendo, nunca se afaste dele!
• Nunca deixe uma criança sozinha na banheira, mesmo por pouco tempo e mesmo com pouca água.
• Prepare de antemão tudo o que precisa para não tirar os olhos dele. Se tiver que sair da casa de banho, leve o bebé consigo (embrulhado numa toalha).
• É preferível dar banho ao bebé em pouca quantidade de água: limite o nível de água até às ancas ou ao umbigo.
• Regule o termóstato do distribuidor de água quente a 45/50° máximo.
• Controle sempre a temperatura da água com um termómetro de banho antes de lá colocar o bebé: a temperatura certa é 37°C.
• Aconselhamos abrir a torneira de água fria antes da de água quente e nunca colocar o bebé dentro da água antes de a ter mexido bem para homogeneizar a temperatura.
• Deixe correr um pouco de água fria depois de ter enchido a banheira para arrefecer a torneira.
• Nunca deixe uma criança sozinha na banheira ou próxima da torneira: poderia mexer na torneira de água quente ou sair da banheira.
• Utilize um protector de torneira e um tapete de banho antiderrapante quando a criança souber sentar-se sozinha.
• Para uma boa higiene, esvazie e lave os brinquedos de banho depois de cada utilização. Não devem continuar com água dentro.

Fonte: Bébé Confort

Para que o banho seja um momento de relaxamento e partilha com o seu bebé

Durante os primeiros meses, terá que mudar o seu bebé 4 a 6 vezes por dia: uma tarefa que precisa de um pouco de treino, mas também e sobretudo a escolha do material bem adaptado às suas necessidades e ao seu espaço.
• Conforto e segurança para o bebé, ergonomia e facilidade de utilização: veja bem do que precisa e escolha o material bem adaptado à idade do bebé e ao espaço de que dispõe.
• Aqueça a divisão em 24 graus e evite correntes de ar.
• Ofereça ao seu bebé brinquedos de banho que o vão divertir. O bebé terá prazer em observar primeiro e depois a apanhar e manusear esses brinquedos para depois salpicar os pais: o cúmulo da felicidade para os bebés banhistas! O bebé gosta particularmente de brinquedos que flutuam, mergulham, que se enchem de água ou que andam sozinhos.
• Bastam alguns brinquedos de banho, não é preciso enchê-lo de brinquedos porque não saberá dar a atenção devida a todos.
• Práticas para guardar os brinquedos de banho molhados, pense em ter caixas ou redes que se fixam na banheira e deixam escorrer a água.

Fonte: Bébé Confort

Higiene e gargalhadas

Quando somos pais, devemos estar prontos a arregaçar as mangas. Durante os primeiros meses, terá que mudar o seu bebé 4 a 6 vezes por dia. Dar os primeiros banhos não é pêra doce e precisa de um mínimo de organização. A escolha de um mobiliário adaptado ao seu espaço é então primordial. Acrescente também acessórios e brinquedos de banho práticos e lúdicos… e terá um cocktail perfeito de conforto e de segurança para si e o seu bebé.

O Banho do bebé

O banho do bebé é um momento especial entre mãe e filho devendo proporcionar bem-estar, tranquilidade e relaxamento. Este deverá ser dado diariamente e ao fim do dia, em ambiente calmo e pouco demorado, com o quarto a uma temperatura de 22ºC.

 

A epiderme do recém-nascido de termo é comparável à de um adulto, sendo no entanto, menos espessa, menos pigmentada e menos hidratada. Deve manter a sua integridade para poder cumprir as suas principais funções: de relação (órgão sensorial) e de protecção (barreira).

Assim deverá:

– Assegurar-se previamente de que tem tudo o que vai precisar à mão, incluindo a roupinha que vai vestir.

– Não deixar o bebé sozinho nem por um só momento, porque pode deslizar e mergulhar mesmo em pouca água.

– Usar banheira adequada ao tamanho do bebé, com tapete de borracha ou toalha turca no fundo.

– Verificar sempre a temperatura da água (37ºC) antes de iniciar o banho do seu bebé.

– São aconselhados loções de banho / limpeza sem detergentes, sem perfumes, sem conservantes (parabenos) pelos riscos de toxicidade e alergia local ou sistémica.

– Colocar o bebé na banheira semi-inclinado para trás, com a cabeça apoiada no antebraço da mãe. A mão da mãe deverá agarrar o ombro com firmeza.

A água da banheira não deverá ultrapassar a altura do peito do bebé.

– Lavar o rosto apenas com água.

– Não deve voltar o bebé para lavar as costinhas.

– Lavar bem todas as pregas.

– Enxugar o bebé em toalha macia, previamente estendida sobre a mesa dando especial atenção às pregas.

– Se o recém-nascido ainda conservar o cordão umbilical, este deve ser limpo com gaze esterilizada embebida em álcool e deixado livre. – Após o banho usar cremes hidratantes / emolientes. Na zona do períneo usar cremes barreira ou óxido de zinco se houver dermite irritativa (vermelhidão).

Fonte: Fichas Bebé Confort.

Com a colaboração de Laurentina Cavadas (Médica Pediatra)