Armazenamento e transporte de leite materno


Verifique com o seu hospital para ver se há instruções específicas.

Conforme as necessidades podemos conservar o leite respeitando os seguintes passos:

– Conservação do leite deverá ser feita em frascos ou sacos esterilizados.

– O leite pode permanecer no frigorífico até 24 horas (nunca na porta) a uma temperatura de aproximadamente4/5ºC.

– Para congelar, retirar o leite e não encher o recipiente mais de ¾, colocá-lo no frigorífico para a temperatura descer gradualmente. Só depois colocar no congelador, onde poderá permanecer a uma temperatura igual ou inferior a – 18ºC até 3 meses. Não se aconselha mais tempo, uma vez que à medida que o bebé vai crescendo as necessidades vão mudando e o leite vai-se adequando a essas necessidades.

– Coloque a data de extracção em cada saco ou frasco.

– Para descongelar, retirar do congelador e colocar no frigorífico, para que descongele gradualmente. Deve-se evitar a descongelação à temperatura ambiente.

– Programe as mamadas e descongele previamente o leite no frigorífico.

– Agite delicadamente o frasco ou saco para misturar a gordura que se separou.

– Nunca descongele o leite no microondas ou em água a ferver.

– O aquecimento do leite deve ser feito em banho-maria ou num aquecedor de biberões.

– O transporte do leite deve ser feito em saco térmico, que mantenha o frio durante o percurso a efectuar (por exemplo: do trabalho para casa).

Prevenção e tratamento do ingurgitamento e da mastite

Ingurgitamento e mastite

O Ingurgitamento é das dificuldades mais frequentes e pode surgir quando o leite não é retirado em quantidade suficiente provocando dor e dificultando a saída do leite – normalmente na subida do leite nas primeiras 48/72 horas.

Pode surgir temperatura que não ultrapassa os 38ºC.

Para prevenir o ingurgitamento a mãe deve:

dar de mamar em horário livre (sempre que o bebé quiser).
colocar a criança a mamar em posição correcta, para que esvazie toda a mama.
é importante variar a posição da mamada.

Para tratar o ingurgitamento:

retirar o leite da mama, colocando o bebé a mamar, com expressão manual ou com um extractor de leite.
quando conseguir retirar um pouco de leite a mama fica mais macia e o bebé poderá sugar mais facilmente.
se o bebé não consegue mamar o leite deve ser retirado manualmente ou com extractor, com a frequência necessária para que as mamas fiquem mais confortáveis e até o ingurgitamento desaparecer.
diminuir a ingestão de líquidos.


A Mastite surge do bloqueio de um ducto mamário. Neste caso a mama fica avermelhada, quente, inchada e dolorosa. A mulher tem febre, normalmente elevada e sente mau estar.

Para tratar a mastite:

O médico assistente indicará qual a medicação que a mãe deve seguir. Entretanto é fundamental que a mãe:

– repouse,
– retire o leite manualmente ou com extractor,
continue a amamentar do lado não afectado, se a terapêutica instituída não for prejudicial para o bebé.

Habitualmente a situação melhora em um ou dois dias.