A gama Welcom de porta-bebés ventrais

  porta_bebes_bebeconfort

porta_bebe_welcom_excel_bbc  WELCOM’EXCEL – Para um conforto inigualável (a partir de 3,5 kg até aos 12 kg)

porta_bebe_welcom_extens_bbc  WELCOM’EXTENS – Para um conforto adaptado a cada idade (a partir de 3,5 kg até aos 9 kg)

porta_bebe_welcom_relax  WELCOM’RELAX – Para simplicidade no quotidiano (a partir de 3,5 kg até aos 9 kg)

 

gama_welcom_porta_bebe

O porta-bebé, um aconchego inesquecível

image Durante os primeiros meses, o bebé sente naturalmente necessidade de estar em contacto com os pais. Aconchegado no seu porta-bebé, sente-se seguro com a sua presença. Com as mãos livres, pode testemunhar-lhe a sua ternura e levá-lo para todo o lado consigo. Ao ritmo do seu coração, o bebé desenvolve-se serenamente.

 

 

 

 

 

 

 

image image image

Porta-bebés Bébe Confort: Welcome’Excel, Welcom’Extens, Welcom’Relax

Welcom’Excel: Alivia até 50% a pressão exercida nos seus ombros!

porta_bebe_welcome_excelNOVIDADE: Porta-bebé WELCOME’EXCELGraças a ele, o bebé parece 2 vezes mais leve.

O DSS – Dorsal Support System (patenteado pela Bébé Confort), desenvolvido em colaboração com o lamih-umr do CNRS (França), assegura a transferência do peso da criança para as zonas que sustentam o porta-bebé (as ancas nomeadamente) para aliviar os ombros. As suas alças de malha 3D arejada são acolchoadas para um conforto total.

Sistema WellFix para uma instalação simples, segura e rápida. Com um simples clique, instala o seu bebé muito facilmente graças ao sistema WellFix.

O bebé está rodeado de bem-estar. O seu assento anatómico é acolchoado, ultra macio e antitranspirante. Com o seu redutor em felpo, especialmente reforçado ao nível do pescoço, o recém-nascido está bem instalado. O seu encosto é reforçado para uma maior segurança ao nível da cabeça e das costas. É também regulável em largura para acompanhar o crescimento do bebé.

Virado para si:image Virado para a frenteimage

Que porta-bebé escolher?

Quando temos o bebé mais bonito do mundo, temos vontade de tê-lo bem pertinho de nós e de o levar connosco para todo o lado! Ideal, o porta-bebé deixa-vos as mãos livres para encher de mimos o bebé. Na posição ventral para os mais pequenos, dorsal para os maiores, cabe-vos a vós escolher em função da idade do bebé e das vossas actividades!

Desde o nascimento (3,5 kg) até aos 12 kg: escolha o porta-bebé ventral.

porta_bebe_ventralDurante os primeiros meses, o bebé sente necessidade de estar em contacto com os pais. Bem aconchegado no seu porta-bebé, sente-se seguro com a sua voz, o seu odor e a sua presença. Com as mãos livres, os pais podem responder rapidamente às suas necessidades. Aconchegado contra o seu corpo, o bebé gostará mais tarde, a partir dos 3 meses, de se virar para o mundo que o rodeia. Em contacto directo com o seu mundo, o bebé desperta os seus sentidos e cresce em harmonia. porta_bebe_maya

 

A partir dos 9 meses aproximadamente até aos 15 kg: escolha o porta-bebé dorsal.

Plenamente acordado, o bebé descobre o mundo do alto dos seus ombros e acompanha-o aquando dos seus passeios. Quer seja na praia, na montanha, na cidade ou no campo, ele vai para todo o lado, onde o carrinho não passa. Maneável e pouco espaçoso, confortável também para os pais, o porta-bebé é o seu melhor aliado, pretexto para belas escapadas.

Porquê levar o bebé bem aconchegado contra o corpo?

Andar com o bebé ao colo é um gesto natural. Para o reconfortar e mimar muito simplesmente. É nos seus braços que ele se sente mais seguro É no seu colo que ele se sente mais tranquilo e que deixa de chorar.

No dia-a-dia, a escolha do porta-bebé facilita muito a vida com o bebé, ainda por cima se tiver outras crianças que reclamam também a sua atenção. Com as mãos livres, é mais fácil fazer outras coisas ao mesmo tempo que está com o seu bebé. Confortavelmente instalado no seu porta-bebé, a criança é mimada porque o que deseja antes de mais é sentir-se ao seu lado, sentir os seus movimentos, a sua pele, o seu odor e ouvir a sua voz. O bebé sente-se seguro e é embalado. Este bem-estar ajuda-o a adormecer e a despertar, pronto para descobrir o mundo que o rodeia.

Um estudo demonstra que o porta-bebé reduz consideravelmente os choros e a agitação dos bebés (43% de dia e 51 % de noite) *. De facto, o contacto e a proximidade facilitam a compreensão das necessidades do bebé (tensão, cansaço, fome…) e portanto a intervenção dos pais faz-se mais rapidamente.O porta-bebé é como uma continuação do efeito de “fusão” da gravidez para a mãe, e para o pai, esse oferece-lhe a possibilidade de desenvolver uma ligação mais forte com o seu bebé. O porta-bebé favorece o sentimento de ligação e de confiança dos pais porque os pequenos problemas do bebé são tratados a tempo. Encorajando a troca, a comunicação pais/filho, o porta-bebé contribui assim para o desenvolvimento psicomotor da criança e participa no seu despertar.

De uma forma geral, é recomendado alternar entre o porta-bebé e outros meios de transporte (alcofa, babycoque, carrinho) no sentido de respeitar o bem-estar e o crescimento da criança.

* Estudo realizado a partir da observação de cerca de 100 crianças – Pediatrics 1996

Fonte: www.bebeconfort.pt

Passear com o bebé

A alcofa, ideal para o recém-nascido.A alcofa está naturalmente adaptada ao recém-nascido porque permite deitá-lo confortavelmente de costas. De facto, o desenvolvimento muscular do bebé faz-se progressivamente da cabeça aos pés e, durante os primeiros meses, a sua nuca ainda não está musculada e portanto ainda não consegue manter a cabeça direita. A posição deitada é óptima e garante-lhe um sono de qualidade. E isto é muito importante porque o seu bebé precisa de dormir (entre 18 e 20 horas por dia) para crescer bem. A alcofa é portanto uma autêntica cama pequena que lhe permite viajar e passear com o bebé sem o acordar. O seu interior espaçoso garante uma grande liberdade de movimentos ao bebé que acorda mexendo. Esta mobilidade é essencial porque ajuda-o a sentir o seu mundo e contribui para o seu despertar.A babycoque, indispensável a partir dos 3 meses.A partir dos 3 meses, os músculos da nuca do seu bebé já estão mais fortes e consegue manter a cabeça direita. Pode permanecer em posição semi-sentada e começar a palrar, confortavelmente instalado na sua babycoque. A babycoque torna-se rapidamente num aliado indispensável do dia-a-dia. A sua forma ergonómica e a sua leveza transformam as saídas com o bebé em autênticos prazeres.O assento, a partir dos 6 meses.Sentado com firmeza, o bebé participa activamente na vida que o rodeia. Virado para os pais em determinados momentos para trocar sorrisos e olhares com eles, o bebé poderá também ser instalado virado para o mundo que o rodeia. Bem sentado no seu carrinho, observa com prazer o mundo e adormece para um descanso bem merecido numa posição ergonómica, confortável e deitada.O porta-bebé, um contacto inesquecível.Durante os primeiros meses, o bebé sente naturalmente a necessidade de sentir o contacto do pai ou da mãe. Aconchegado junto ao pai ou à mãe, o bebé sente-se reconfortado com a sua voz, a sua presença, o seu odor. O porta-bebé é também um aliado indispensável quando o bebé se sente desamparado e só os braços do pai ou da mãe o tranquilizam. Com as mãos livres, estes podem testemunhar-lhe a sua ternura e levá-lo para todo o lado.O carrinho bengala, para acompanhar o bebé nos seus primeiros passos.O bebé saboreia plenamente a liberdade adquirida ao andar. No entanto, precisa ainda de descansar após os seus esforços e, neste caso, o carrinho bengala é o parceiro ideal: ultra prático, leve e fácil de transportar, garante ao seu bebé uma posição sempre ideal.