Sugestões para aumentar ou reduzir a produção de leite materno

Muito leite / Pouco leite

Muitas mães têm receio que a quantidade de leite seja insuficiente, mas na maioria dos casos esse receio é infundado. No entanto, deverá prestar atenção ao peso do bebé, pois é um bom indicativo se o seu leite é suficiente ou não. Se a sua produção de leite for reduzida procure ajuda junto de um profissional de saúde.

De qualquer forma, as seguintes sugestões podem ajudá-la a aumentar a produção de leite:

– A produção de leite segue o sistema da procura e da oferta, que diz que quanto mais leite for extraído do peito mais leite será produzido. Tente amamentar em cada duas horas durante o dia e cada três horas durante a noite.

– Somente a posição correcta do bebé no peito e no mamilo pode estimular a produção de leite adequadamente. Verifique se a posição e a pega no mamilo estão correctas.

– Descansar e amamentar sem stress podem ser muito eficientes.

– Evite mamilos artificiais pois podem inibir a produção de leite. Utilize-os quando for estritamente necessário (por exemplo: mamilos rasos ou invertidos, mamilos gretados,…)

Peça ajuda a um profissional de saúde neste tipo de situações, ele vai poder dissipar todas as suas dúvidas e receios.

Demasiado leite

– Se for necessário dar um suplemento ou não puder dar o peito, use um copo, um biberão, uma colher ou seringa.

Muito leite pode ser muito desconfortável. As mães que produzem demasiado leite podem sofrer de ingurgitamento e ou mastite.

Para reduzir a produção de leite pode seguir as seguintes sugestões:

Ofereça somente um peito em cada mamada. Para evitar o ingurgitamento no outro peito, extraia apenas o leite suficiente até se sentir confortável. Não esvazie o peito completamente. Aplique compressas frias no peito após ter alimentado o bebé.

Fonte: Medela, Bacelar

Prevenção e tratamento do ingurgitamento e da mastite

Ingurgitamento e mastite

O Ingurgitamento é das dificuldades mais frequentes e pode surgir quando o leite não é retirado em quantidade suficiente provocando dor e dificultando a saída do leite – normalmente na subida do leite nas primeiras 48/72 horas.

Pode surgir temperatura que não ultrapassa os 38ºC.

Para prevenir o ingurgitamento a mãe deve:

dar de mamar em horário livre (sempre que o bebé quiser).
colocar a criança a mamar em posição correcta, para que esvazie toda a mama.
é importante variar a posição da mamada.

Para tratar o ingurgitamento:

retirar o leite da mama, colocando o bebé a mamar, com expressão manual ou com um extractor de leite.
quando conseguir retirar um pouco de leite a mama fica mais macia e o bebé poderá sugar mais facilmente.
se o bebé não consegue mamar o leite deve ser retirado manualmente ou com extractor, com a frequência necessária para que as mamas fiquem mais confortáveis e até o ingurgitamento desaparecer.
diminuir a ingestão de líquidos.


A Mastite surge do bloqueio de um ducto mamário. Neste caso a mama fica avermelhada, quente, inchada e dolorosa. A mulher tem febre, normalmente elevada e sente mau estar.

Para tratar a mastite:

O médico assistente indicará qual a medicação que a mãe deve seguir. Entretanto é fundamental que a mãe:

– repouse,
– retire o leite manualmente ou com extractor,
continue a amamentar do lado não afectado, se a terapêutica instituída não for prejudicial para o bebé.

Habitualmente a situação melhora em um ou dois dias.