A chupeta – conselhos

  •     A chupeta deve ser formada por uma peça única com tetina suave, resistente à máquina de lavar louça e à fervura em água;
  •    A distância entre a extremidade da tetina e o anel, deve ser superior a 3,8 cm, para que o bebé não consiga introduzir a totalidade da chupeta na boca;
  • Não se deve usar a tetina do biberão como chupeta;
  • O anel deve ser de plástico firme com buracos de arejamento;
  • Não pendurar a chupeta ao pescoço pelo risco de estrangulamento;
  • Inspeccionar periodicamente o estado da chupeta: se a borracha começar a ficar mole ou descorada deverá ser substituída.

Fonte: Fichas Bebé Confort

Com a colaboração de Laurentina Cavadas (Médica Pediatra)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *