A febre – quando chamar o pediatra

  1. Bebé com menos de dois meses de idade e temperatura de 38 º C ou mais;

  2. Bebé entre três e seis meses de idade com temperatura de 38,5 º C ou mais;

  3. Bebé com mais de seis meses de idade e temperatura de 39,5 º C ou mais (esta temperatura pode indicar infecção grave ou desidratação que requeira tratamento);

Nestas duas ultimas situações a decisão de chamar o pediatra deverá depender da presença de sintomas associados, como: dor de garganta, dor de ouvidos, tosse, rash cutâneo (manchas na pele), vómitos, diarreia.

  1. Criança inquieta ou mais sonolenta que o habitual – o nível da actividade da criança tende a ser um indicador mais importante do que o valor da febre;

  2. Se a criança tiver mais de um ano de idade, se comer e dormir bem, com momentos de boa disposição não será necessário ir ao médico imediatamente, a não ser que a temperatura persista por mais de 24 horas;

  3. Se a criança tiver delírios (ver objectos que não existam ou falar de maneira estranha);

  4. Golpe de calor – criança excitada e tenha estado em ambiente muito quente;

  5. Convulsão febril;

  6. Criança com doença crónica e temperatura de 38 º C.

Fonte: Fichas Bebé Confort.

Com a colaboração de Laurentina Cavadas (Médica Pediatra)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *