Para que o banho seja um momento de relaxamento e partilha com o seu bebé

Durante os primeiros meses, terá que mudar o seu bebé 4 a 6 vezes por dia: uma tarefa que precisa de um pouco de treino, mas também e sobretudo a escolha do material bem adaptado às suas necessidades e ao seu espaço.
• Conforto e segurança para o bebé, ergonomia e facilidade de utilização: veja bem do que precisa e escolha o material bem adaptado à idade do bebé e ao espaço de que dispõe.
• Aqueça a divisão em 24 graus e evite correntes de ar.
• Ofereça ao seu bebé brinquedos de banho que o vão divertir. O bebé terá prazer em observar primeiro e depois a apanhar e manusear esses brinquedos para depois salpicar os pais: o cúmulo da felicidade para os bebés banhistas! O bebé gosta particularmente de brinquedos que flutuam, mergulham, que se enchem de água ou que andam sozinhos.
• Bastam alguns brinquedos de banho, não é preciso enchê-lo de brinquedos porque não saberá dar a atenção devida a todos.
• Práticas para guardar os brinquedos de banho molhados, pense em ter caixas ou redes que se fixam na banheira e deixam escorrer a água.

Fonte: Bébé Confort

Parto orgásmico

Será apresentado em Coimbra entre 22 e 25 de Maio o ciclo “Parto Orgásmico”, uma mostra de filmes sobre a experiência do parto integrada no festival Caminhos do Cinema Português.

 

«Esta mostra de filmes sobre a experiência do parto vai buscar o seu título a um dos filmes em exibição. Serão apresentados filmes dos Países Baixos, EUA, Rússia, Guatemala, México, Argentina, Brasil e Espanha. O que os une é a forma como nos apresentam partos naturais em que o poder é restituído à mulher, não sendo este seu ritual de passagem mediado por máquinas ou drogas. As únicas drogas presentes são as hormonas naturais. [“The same pleasurable stimuli triggered during sex, can also be released during birth.” Debra Pascali-Bonaro, em http://www.orgasmicbirth.com/].
Fica o convite para entrar nesta viagem pela intimidade de vários nascimentos e por diferentes modelos de cuidado perinatal, que seguramente o levará a reexaminar a forma como se vive o parto em Portugal. As sessões de filmes são seguidas de palestras sobre diversos temas à volta da questão do parto e debates.»*

 

*Fonte: Caminhos do Cinema Português

 

As funções extra dos soutiens de amamentação Anita Maternity

Soutien de amamentação Anita Maternity Os soutiens de amamentação da Anita Maternity possuem funções extra que ajudam a mamã durante o período de amamentação – o sistema patenteado Kwik Klip e o AnitaMemo.

O sistema patenteado KwikKlip permite abrir e fechar as copas com uma só mão enquanto o bebé pode permanecer seguro nos braços da mãe.

O AnitaMemo é uma ideia inovadora da AnitaMaternity. O AnitaMemo regula-se numa fita entre as copas e marca o último peito que amamentou.

Para passar com serenidade da amamentação ao biberão

biberon_im Comece pelo menos três semanas antes da data em que pretende deixar de dar de mamar ao seu bebé. Este processo faz-se em três etapas:
• Comece por substituir uma mamada por um biberão, de preferência ao fim da tarde quando tem menos leite. Mantenha este biberão durante 3 ou 4 dias até que o bebé se habitue.
• Substitua uma segunda mamada. Escolha de preferência uma mamada em alternância entre as mamadas e os biberões e depois no fim de 3 ou 4 dias, substitua uma terceira mamada, mantendo o princípio da alternância durante 3 ou 4 dias.
• Se desejar deixar de mamar ao seu bebé parcialmente, continue este ritmo, guardando as mamadas da manhã e da noite e depois só a mamada da manhã. Se desejar deixar de dar de mamar de vez, continue com este ritmo até a substituição de todas as mamadas.
Ainda mais conselhos…
• Quando começar a dar os primeiros biberões, nunca force o bebé! Seja paciente e tente novamente ao cabo de 10 minutos em caso de recusa. Se o bebé recusar outra vez, espere biberon ainda alguns minutos antes de dar de mamar.
• Se o bebé estiver habituado à chupeta, escolha uma tetina do mesmo material.
• Se possível, tire o seu leite e dê-lhe nos primeiros biberões. Já muda para o biberão, deixe-o habituar-se ao leite em pó!
• Não hesite em chamar o papá! Longe de si e do seu cheiro, o bebé aceitará mais facilmente o biberão.
• Não repita o mesmo ritual só durante o aleitamento: mude de cadeira e de hábitos para que o bebé não pense que lhe vai dar de mamar.
• Prefira o leite morno ao leite frio porque o bebé está habituado à temperatura do seu leite.

Fonte: Bébé Confort