Como escolher uma cadeira de segurança automóvel confortável

O ângulo do assento (nomeadamente nos grupos 0+ – destinados a crianças desde o nascimento até aos 12 meses aproximadamente):
não deve ser muito pronunciado. Quanto mais pequena for a criança, menos a sua musculatura está formada, menos poderá permanecer na posição sentada. Uma posição semi-deitada permite respeitar a morfologia da criança, participando ao mesmo tempo no seu despertar. Cuidado no entanto para não a deixar mais de 1h30 por dia nesta posição.

A inclinação proposta pelas cadeiras (nomeadamente nos grupos 1 destinados a crianças entre 9 e 18 kg):
Nesta idade, as crianças já estão mais despertas e mais aptas a permanecerem sentadas. No entanto, as fases de sono, sobretudo durante viagens longas, ainda são muitas e a cadeira deverá oferecer uma posição muito confortável.
Depois, quanto mais crescida for a criança, mais difícil se torna oferecer uma posição inclinada, pura e simplesmente por razões de segurança ligadas ao habitáculo do automóvel. É por isso que os assentos elevatórios (cadeiras do grupo 2/3 destinado a crianças a partir dos 3 anos até aos 10 aproximadamente) têm um ângulo de inclinação reduzido comparando com as cadeiras do grupo 1. De facto estão limitados à inclinação do automóvel.

O espaço reservado à criança:
Indispensável para garantir o conforto da criança.

Fonte: Bébé Confort